Como fazer as unhas crescerem – parte I

Olá pessoal, hoje o post saiu um pouquinho mais tarde em função de alguns imprevistos, mas saiu! (hehe)

Vamos ao que interessa…

Quando comecei a fazer minha unha sozinha, em casa, com uns 13 anos (eu acho) ficava mais ou menos igual a figura abaixo (hahaha). Se você está se aventurando a fazer sozinha em casa e tem ficado desse jeito, não desanime, as coisas vão melhorar.

Então para começar, achei interessante trazer essa figura que explica bem como fazer as unhas sem borrar muito e aplicar de modo uniforme, sem bolhas ou manchas.

Como está em inglês, vou traduzir algumas partes e acrescentar algumas dicas minhas:

1 – Comece com a unha limpa, sem resíduos de esmalte ou óleos.

2 – Aplique uma base incolor ou um fortalecedor de unhas. Espere secar.

3 – Para ter mais controle da quantidade e de como irá passar o esmalte, procure pegar o esmalte apenas com um dos lados do pincel, limpando o excesso do outro lado do pincel no próprio vidro do esmalte, ao retirar o pincel. Deixe pingar uma gota no centro da unha, próximo à cutícula.

4 – Com o pincel, empurre a gota para junto da cutícula, preenchendo os espaços restantes.

5 – Traga o restante da gota de esmalte até o final da unha, pelo centro.

6 – Acrescente mais esmalte, sempre aplicando a partir da base da unha (junto à cutícula) e trazendo para o final da unha. Partindo sempre do centro da unha para as laterais. O movimento do pincel deve ser sempre reto, direto (da base ao fim da unha) e sempre sobrepondo a nova camada à camada há pouco aplicada.

9 – (é, eu pulei alguns…) repita do outro lado da unha e aplique quantas camadas forem necessárias para dar o acabamento de cor/tonalidade desejado.

Mais umas dicas:

Quanto mais velho o esmalte for (quanto mais tempo aberto), mais grosso/denso ele vai ficando, isso porque o solvente vai evaporando. Aplicar esmaltes assim ou aplicar várias camadas podem provocar as famosas bolhinhas…

Isso acontece porque o esmalte começa a secar de modo desigual, já que a espessura da camada de esmalte varia muito. Ficar ao vento ou colocar o secador em cima da unha também forma bolhas por causa da secagem desigual.

O ideal é aplicar soluções secativas e/ou protetoras, como óleos secantes. Para os esmaltes mais densos, pode-se acrescentar algumas gotinhas de óleo de banana. (Às vezes a gente faz a loucura de acrescentar acetona no esmalte, mas já repararam que o pigmento já não fica mais o mesmo? Por isso é bom ter sempre por perto um vidrinho de óleo de banana…)

Na próxima parte desse post, nessa semana, vou indicar os produtos que ajudaram a fortalecer e fazer minhas unhas crescerem. Também vou falar sobre cutículas.

E só para animar, algumas imagens de unhas artísticas e divertidas.

Para falar a verdade eu uso mais esmaltes de cores sólidas, foscos ou com brilho. Sou meio preguiçosa para fazer unhas artísticas, apesar de achar muito bonito. E vocês, o que usam normalmente?

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Como fazer as unhas crescerem – parte I

  1. Pingback: O que rolou durante o mês | amigasmakeups

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s